16 de março de 2010

Dias de fossa são inevitáveis.


Você tem vontade de nunca mais sair, nunca mais conversar, apenas ficar no seu canto e chorar, chorar, chorar... É como se uma faca estivesse cravada no seu peito e você não conseguisse tirar de maneira alguma, uma dor insuportável. Você fica naquela dúvida se deve se expor e contar seus sentimentos ou guardá-los para si, e fingir que está bem, quando na verdade nunca está. Maldito destino que insiste em me fazer ficar só.

2 comentários:

  1. realmente dias na fossa são inevitáveis e também muitas vezes importantes.

    ResponderExcluir